26 setembro 2013

A Viagem...



Hoje reconheci os meus passos!
Os que me fizeram doer, os que me fizeram parar, os que me fizeram voltar, até os que me fizeram recomeçar.
As pedras que tive de afastar, as cordas que tive de soltar, as lágrimas que por vezes parei outras fiz correr, e a força que me fez chegar aqui.
Hoje reconheço outra estrada, um novo caminho...

Um coração pode tudo, mas não consegue deixar de sentir e sentir por vezes dói...mas se estás, até me esqueço.

Quando te olho, reconheço o teu imenso Ser...A tua luz, o aconchego do teu abraço, fazem-me regressar ao ponto de partida, como um raio de luz que quer percorrer mais uma bela caminhada, um farol que põe fim a uma travessia por mares de tempestades. 

Nada mais que um reencontro entre tudo o que fomos, somos e seremos!

Um acalmar das aguas, onde as ondas se enrolam e se deixam cair sobre a praia... Onde não quero ser ancora, ou mesmo porto de abrigo! Quero simplesmente Ser, quando estiver perto, e que também Sejas quando estiveres longe...

Posso ser o vento que te sopra ao ouvido, um arco-íris que te alegra, uma estrela guia que ilumina sonhos, um calor que envolve, quando o frio se faz sentir. Posso ser tudo e posso ser nada...mas podemos ser juntos!

E devagar devagarinho, chegaremos onde sempre estivemos sem saber. Seremos melhor quem somos, unidos por uma força que não se pode ver, só Sentir...e ai começará a mais bela viagem!

Sem comentários: