03 abril 2017

Era uma vez uma Mulher que pedia ajuda, mas afinal queria pouco...Descobriu que só queria a atenção que não se dava, que não se permitia. Descobriu que pedir ajuda era algo que o seu Ego não queria receber porque isso não precisava. Foi então que alguém lhe ofereceu um espelho "magico", que se espelhava nela sempre que era necessario. Que refletia a verdade que toda a vida pôs fora de si, que a fazia relembrar de sonhos e vontades perdidas, recantos de raizes do passado, que traiu e pensou ter perdido. Um espelho onde ela começou a olhar-se por inteiro, e aprendeu a gostar de se ver...O mais estranho de tudo era descobrir, a cada segundo que passava, que se Amava, que afinal tinha tudo o que sempre precisou e que no fundo, tudo era exactamente como deveria Ser !!!♥

1 comentário:

Fernando Araújo Santos Jr. disse...

Salve Maria Papoila! Sou se fã, pois curto muito a anos suas postagens neste seu blog... Como é bom saber que continuas viva de coração e alma com doçura de sempre e a poesia em prosa e versos... Sou brasileiro, gaúcho, moro no extremo sul do Brasil e estou no facebook como Fernando Araújo Santos Jr.